NOTÍCIAS

Todas as notícias do Universo Benecar

"B" é sinónimo de vitória!

 

O Vitória Sport Clube, e em especial os adeptos, tiveram de saber sofrer para vencerem para a Liga NOS, 3 jogos depois, com um golo de um açoreano, contra os açoreanos do Santa Clara.

Entre chuva e sol o Vitória foi caminhando para mudar a tendência dos últimos jogos. O objetivo passava por marcar desde cedo e dar aos adeptos a alegria de festejarem golos, em casa, para o campeonato, mais de 1 mês depois. Nos primeiros minutos do encontro, as oportunidades, embora poucas, cheiravam a golo, mas, à medida que o jogo ia decorrendo e os minutos passando, a tendência do encontro pendia para mais um empate que, neste jogo, ia infortunadamente  contra o anti-jogo dos insulares e contra alguns lances que causaram descontentamento nos adeptos vitorianos, que “explodiam” a cada lance mal ajuizado e “pediam mais” aos seus atletas.

O golo da partida (e para que o nosso título faça sentido) foi apontado por João Pedro, atacante da equipa B do Vitória, que foi chamado para a partida ao minuto 73’ na tentativa de dar mais poderio ofensivo aos Conquistadores. Cruzamento da esquerda aos 91’ por parte de Davidson (ao som de “Cruzaaaa”), finalizado por João Pedro, de cabeça, para a alegria dos 11.000 adeptos presentes. Os restantes minutos foram marcados por cânticos de festa, do mais novo ao mais velho, no Estádio D. Afonso Henriques.

Vitória dos Conquistadores por 1-0, num jogo que fica marcado pela titularidade de André André, capitão do VSC, mais de 10 meses depois. Um “reforço de peso” para o que resta da época (esperamos nós). O Vitória é 6.º classificado, 5 pontos abaixo dos lugares europeus.

 

 

A equipa de Futsal do Sporting Clube de Portugal foi até Oliveira de Azeméis, golear a equipa local, Futsal Clube Azeméis, por 3-12. Resultado pesado contra uma equipa que está na “companhia dos grandes” à 4 épocas e ocupa o 5.º lugar.

Além dos 2 golos do ainda Júnior, Zicky Té, no segundo jogo com a equipa principal, marcaram Diego Cavinato (2x), Pany Varela (2x), Taynan, Alex, Pauleta, Alex Merlim, Gonçalo Portugal e Paulinho (a.g).

Os 9 golos de diferença não deixam margem para dúvidas quanto à exibição leonina, que parece rugir ao primeiro lugar, que está a uma vitória de distância.

Na próxima jornada o Sporting CP pode ascender ao tão desejado 1.º lugar, se vencer em casa o SL Benfica.

 

 

“B” é de Beneditense e Beneditense é de primeiro lugar.

 A Associação Beneditense Cultura e Desporto foi até ao Peso (Caldas da Rainha), vencer a equipa da casa, por 0-2, e afirmar perante os adversários diretos que não está para perder o primeiro lugar do pódio.

O primeiro golo da partida surgiu no fim da primeira parte, após um lançamento longo para a área, Pedro Patrício disputou a bola “nas alturas” e, “na sobra”, Diogo Lopes colocou os “Canarinhos” na frente. Já o segundo golo começou numa transição ofensiva que culminou com a desmarcação de Lucas Guedes, que, isolado, meteu as redes a abanar e “matou” o jogo, 0-2 para o Beneditense. É caso para dizer que Lucas Guedes entrou, sprintou, marcou e venceu, entrou aos 88’ para substituir Diogo Lopes e aos 90+3’ estava a festejar com os colegas mais uma vitória importante.     

Há um mês a “Condução de Bola” disse-lhe que o primeiro lugar do ABCD estava em risco, uma vez que o Bombarralense tinha um jogo a menos e com uma vitória podia ultrapassar os “azuis e amarelos”. O mesmo não aconteceu já que a equipa do Bombarral perdeu o jogo em atraso por 2-1 contra “Os Vidreiros” e nesta mesma jornada (do GDP vs ABCD) empatou contra os Nazarenos. O Beneditense é assim primeiro classificado com “as contas todas feitas”, seguido pelo União da Serra que aproveitou os deslizes do Bombarralense.

 

A Associação Recreativa e Cultural Catarinense voltou a não conseguir sair vitoriosa do seu jogo, terminando a primeira volta do campeonato sem qualquer vitória, apenas com 3 pontos, resultantes de três empates. A equipa de Santa Catarina perdeu por 3-2, na desclocação ao terreno do Gaeirense. Os 'broeiros' começaram a perder por 1-0, marcando logo de seguida o golo do empate por Luís Marques. A equipa viria a sofrer o segundo golo ainda antes do intervalo, depois de uma desconcentração defensiva. Na segunda parte, o Catarinense entrou bem e mandou no jogo até ao fim da partida. Conseguiu chegar ao empate nos minutos iniciais da segunda parte, através de uma finalização de Ricardo Fialho "Jovem" ao segundo poste. Apesar do constante domínio dos 'broeiros', a dois minutos do fim, contra a corrente do jogo, foi o Gaeirense que marcou, num lance azarado para a equipa catarinense. Paulo Borralho defende o primeiro remate, a bola ressalta nos pés de um colega de equipa e vai ter aos pés de um jogador gaeirense que, com o guardião no chão só teve de empurrar a bola para dentro da baliza. O Catarinense ainda tentou chegar ao empate através da estratégia de 5x4 mas o resultado não iria sofrer alterações até ao fim da partida.

Publicado por Benecar - Lucas Luís e Paulo Borralho em 2020-01-20
Categoria: Apoios/Patrocínios
Tag(s): Vitória SC, Sporting CP, Beneditense, Catarinense

Nós ligamos

O nosso Call Center está disponível para entrar já em contacto consigo.

Nós ligamos

Deixe-nos o seu contacto que nós entramos em contacto consigo.
Serviço disponível nos dias úteis das 9h às 23h.